apics scm now

 

A manchete "Como a Coty revigorou sua cadeia de fornecimento" me incentivou a ler com grande interesse o artigo da semana passada na Harvard Business Review. A Coty é uma empresa global de beleza, e seu portfólio de fragrâncias e cosméticos de coloração inclui marcas bem conhecidas, como Balenciaga, Calvin Klein, Nautica, Sally Hansen e outras.

De acordo com a Harvard Business Review, em 2010, a Coty estava expandindo rapidamente por meio de aquisições e crescimento interno. Seus líderes da cadeia de suprimentos procuraram "alinhar, integrar e acelerar ainda mais as melhorias", escreve Tom Halton, vice-presidente da cadeia de fornecimento de cosméticos de coloração da Coty, e Ken Perlman, afiliado à Kotter International, no artigo. Para continuar, a Coty trabalhou com a Kotter International, uma consultoria de gestão de mudanças. Garanto-lhe, no entanto, esse volume da Supply Chain Management Now não é um anúncio publicitário para a empresa. Em vez disso, ela fornece lições que eu acho que todos nós poderíamos implementar para experimentar resultados positivos.

Para começar a sua gestão de mudanças globais, os líderes da Coty evitaram as seguintes crenças comuns e processos sobre a formação de uma equipe: em primeiro lugar, desenvolver a estratégia; depois, identificar o novo esforço de trabalho para implementar a estratégia estabelecida, alocar o orçamento e, por fim, fazer a equipe iniciar a execução do plano. Você conhece o procedimento. "Esta é uma sequência perfeitamente lógica", Halton e Perlman escrevem. "Ele apela para a razão e experiência. Mas também pode contribuir para o fato de que 70 por cento dos projetos especiais e iniciativas de estratégia falham."

Em vez disso, a Coty e seus parceiros na Kotter optaram por convidar a participação no projeto. Estes são os seus sete passos para o sucesso:

  1. Criar uma chamada de base ampla para a ação. Para a Coty, isso significava "o desenvolvimento de sua cadeia de fornecimento em uma vantagem competitiva", observam os autores. Os gerentes seniores pediram aos funcionários para descreverem o que eles fariam para melhorar a agilidade da cadeia de suprimentos.
  2. Encorajar todos a responderem. Muitos funcionários não vão, e não há problema com isso. Na Coty, aqueles que responderam eram "apaixonados, corajosos e orientados para a ação", os autores relatam. "O grupo que não respondeu incluía, na melhor das hipóteses, os espectadores interessados. Na pior das hipóteses, os detratores ativos."
  3. Use critérios de seleção incomuns. Segundo os autores, a paixão é mais importante do que a lógica e habilidades. Para que o gerenciamento de mudanças realmente funcione, as empresas precisam de pessoas na equipe que possam influenciar os outros e começar a trabalhar.
  4. Convidar voluntários para se candidatarem para mais trabalho. A Coty incentivou os voluntários a se candidatarem para estar em sua equipe de gestão de mudança.
  5. Analise as candidaturas. Isso deve ser feito por pessoas que conhecem os voluntários e funcionários. Os autores sugerem que líderes de unidades e escritórios, em vez de executivos que poderiam ser removidos dos candidatos, lidem com o processo de análise.
  6. Equilibre a equipe e garanta que ela tem o tamanho certo. Os membros da equipe representam diferentes funções; diferentes tempos na organização; diferentes níveis, locais e, se for o caso, diferentes idiomas?
  7. Inicie o projeto.

À medida que os processos da Coty evoluíram, a sua equipe de gestão de mudança também o fez. Os membros originais saíram e novos membros assumiram o desafio. Segundo o artigo, as iniciativas da cadeia de suprimentos da Coty geraram vários milhões de dólares em valor para a organização.

"O outro efeito importante foi a mudança de atitude que catalisou centenas de funcionários da cadeia de fornecimento a apresentar grandes ideias e, em seguida, transformá-las em vitórias", Halton e Perlman escrevem. "Passamos da liderança sobre alguns para a liderança sobre muitos por meio de melhorias contínuas e maior desempenho."

Geração de valor

Vamos examinar como a melhoria contínua é definida no dicionário APICS, 14.ª Edição: "O ato de fazer melhorias incrementais e regulares e atualizações para um processo ou produto na busca de excelência." Muitos de vocês já têm processos de melhoria contínua em curso na sua organização. No entanto, você usa essa abordagem tradicional de formação de equipe? O que aconteceria se você pegasse uma dica da Coty e convidasse os funcionários a tomarem posse?

Eu acho que é esse tipo de inovação que pode provocar algumas mudanças muito positivas por todas as organizações da cadeia de suprimentos. Se você tiver exemplos, nós da APICS gostaríamos de ouvir-los. Pense em enviar um artigo para a revista APICS ou a APICS Extra. Veja as nossas diretrizes para autores aqui.