Terceirizar o fornecimento de peças para a construção de aviões não é uma novidade para a Boeing. A necessidade de fontes externas remonta a 1916, quando “o melhor linho irlandês” foi trazido para cobrir as asas do Boeing Model C . Apesar de não usarem mais linho irlandês atualmente, milhões de peças são necessárias na construção de todos os aviões comerciais da Boeing.

O 787 sozinho possui cerca de 2,3 milhões de peças. Algumas, como a fuselagem, são construídas pela Boeing. Outros componentes, como o trem de pouso, são comprados de outros fornecedores. Por isso a Boeing lança mão de um processo inspeção muito cuidadoso, de modo a garantir a mais alta qualidade em cada peça que entra nos estoques das fábricas.

 Supplier-graphic RJ-2

Algumas características das necessidades da Boeing para os seus Aviões de carreira:

  • A Boeing possui relação com 5.400 fábricas.
  • Mais de 750 milhões de componentes e montagens foram produzidas/realizadas em 2012.
  • 500 mil pessoas estão empregadas na cadeia de suprimentos da Boeing.

 

 Fabricação do Boeing 787 (3 mins)